Mesa de jantar feita de Asa de Avião

Mesa de jantar feita de Asa de Avião

Já pensou em um cemitério de aviões? Imagine o que se pode tirar de um de lixo exuberante assim? É com imenso prazer que mostramos aqui a história da Alexandra, que teve a sorte de ter um avô apaixonado pela aviação e ele por sua vez, uma neta que herdou a paixão e juntou com muita criatividade. Que transforma o que seria lixo em peças lindas. Amei as peças, amei a história e muito obrigada por compartilhar.

Aí a Alexandra conta:

Tudo começou com meu avô, Domingos Conrado Wahl. Nascido em Itu-SP no dia 04/12/1927 teve um pai muito austero. Começou a vida consertando rádios mas sua paixão eram os aviões. Casou e teve uma única filha(minha mãe). Vieram para São Paulo e se instalaram na Zona Norte, onde fica o Campo de Marte.Antes dos aviões e peças vieram os carros acidentados. Comprava e vendia. Chegou a ter um ônibus, mas logo veio o primeiro avião. Vivia nos aeroclubes, aos finais de semana ia com esposa e filha para a Praia Grande fazer voos panorâmicos. Começou a participar de leilões e rodava o Brasil comprando e vendendo peças de avião. Participou de muitos leilões da Embraer. Durante 20 anos viajava duas vezes no ano para os EUA para participar de feiras sobre aviação. Mais ou menos em 1990 alugou um hangar em Campinas-SP onde fixou seu negócio. Lá trabalhei durante mais de 15 anos. Nesse hangar tínhamos 6 charutos da aeronave Bandeirante EMB-110 da FAB, entre outros. Duas turbinas de DC8. Uma vez me lembro de estar lá e chegar um ônibus que veio do Sul para participar de uma feira de aviação que teria ali perto mas antes vieram conhecer o nosso depósito, nossa, que alegria! Dos visitantes e nossa! TODOS com uma paixão em comum: AVIÕES!

Mesa de Jantar feita de Asa de Avião

Dentro do hangar parecia que estávamos em um supermercado, cheio de prateleiras divididas por categorias. Lá era o meu paraíso! E além dos aviões tinhamos em comum, eu, meu avô e minha mãe outra paixão: os animais! O depósito chegou a ter 10 cachorros! E até hoje mantemos mais de 50 cachorros, 200 gatos e outros animais abandonados que retiramos da rua e cuidamos. Durante anos tudo transcorreu muito bem, as vendas iam super bem, meu avô chegou a ter 15 aeronaves de pequeno porte, teve um hangar em Americana-SP para guardar algumas delas. Tínhamos 3 funcionários fixos. Mas assim como meu bisavô, meu avô também naõ era uma pessoa fácil de se lidar, não aceitava outras idéias, queria fazer tudo da maneira dele e começou a ficar debilitado por conta da idade, ficou cego e isso foi um pesadelo para ele. Já nao podia mais pilotar nem dirigir.

Mesa de Jantar feita de Asa de Avião

No final de 2014 os negócios começaram a desandar, as vendas cairam,impostos altos e aluguel subindo acabamos fechando o depósito. Trouxemos o que conseguimos das peças para São Paulo para um pequeno depósito. Em julho de 2016 infelizmente meu avô faleceu. Ele foi um visionário, o fundador do primeiro cemitério de aviões do Brasil. No exterior esse tipo de negócio é muito comum, tanto de aviões quanto de carros, já aqui no Brasil não é algo comum de se encontrar e as pessoas não dão muito valor à isso. Para dar continuidade a uma história tão bacana eu, Alexandra, hoje com 39 anos, casada com uma mulher e com dois filhos, uma menina de 11 anos e um menino de 8 anos, além de 3 cachorros e 5 gatos começamos a seguir uma segunda linha de trabalho, a reciclagem!

Mesa de Jantar feita de Asa de Avião

Muitas peças já não podiam mais ser usadas em aviões, mas seria um desperdício e uma agressão ao meio ambiente descartá-las. Por que não dar vida nova às peças que virariam lixo? então uma asa virou uma mesa de jantar, um pistão virou um abajur, um spinner(nariz do avião) virou uma mesinha de centro assim como um tanque. Instrumentos espalhados pela sala e sem falar dos trolleys, carrinhos de servir comida e bebida durante os voos que em 80% dos casos viram barzinhos super estilosos! Em casa temos um painel de instrumentos, um trolley e uma hélice decorando nosso ambiente. Nos quartos temos os trolleys como criados mudos. Na cozinha como armário e apoio…Além da venda trabalhamos também com locação de todas as peças, para eventos, festas, cursos, propagandas. Temos bolsas que minha esposa desenvolveu e confecciona com os coletes salva vidas, quadros com plaquetas retiradas de aviões, pás de hélices cromadas ou pintadas. Assim como meu avô me “contaminou” com essa paixão passei esse amor para minha esposa que compartilha comigo todo esse desejo em transformar as peças de avião em algo belo e útil! Nossa empresa se chama WAHLLEY Design e Comércio de Peças e Serviços/ Nome Fantasia: W2 AVIÃO DESIGN!!! Já vendemos para: DBOX, Desconexo, Retrô 63, Desmobilia, Pé Palito, Moobil, Open Box2, Rede Globo, GOOGLE alem de clientes pessoa física. Vendemos para o Brasil todo e somos eu e minha esposa, Danila, que projetamos e executamos as peças.

Priscila, agradeço de coração essa oportunidade que você nos deu para expormos um pouco do nosso trabalho/paixão!

Espero que tenha gostado! Envio mais algumas fotos para você ter uma idéia do que fazemos!

Abraço gigante

Mesa de Jantar feita de Asa de Avião

Mesa de Jantar feita de Asa de AviãoMesa de Jantar feita de Asa de Avião